quinta-feira, 8 de setembro de 2011

O que é liderança?

De forma bem simples e genérica, podemos dizer que liderar é conseguir com que as pessoas façam as coisas certas no momento requisitado e de maneira impecável - condição essencial para se administrar com sucesso.

Dessa forma, a liderança é visualizada como influenciar e conduzir as pessoas rumo aos objetivos e metas comuns da organização. Assim, a liderança pode ser entendida em diversas dimensões e sob diferentes perspectivas:  como qualidades pessoais, uma função ligada à autoridade recebida da organização formal, um conjunto de atitudes em uma situação específica, ou como um comportamento adequado entre outros. Evidente dizer que a liderança só pode existir em um contexto grupal, ou seja, é condição certa para se verificar se existe liderança quando um indivíduo está interagindo com um grupo, ou no mínimo, com outro indivíduo. Consequentemente, alguém só é reconhecido como líder, a partir do momento em que outros o percebam como capaz de satisfazer alguma necessidade, ou pelo menos, como possuidor de qualidades que pontecialmente possam ser utilizadas para atender as expectativas dos liderados.

É importante ressaltar que Liderança e Poder são dois conceitos muito próximos, porém muito diferentes, pois o líder está sempre interagindo com outras pessoas, moldando ou alterando o seu comportamento, exercendo influência. Ele tem o poder, a capacidade ou potencial de influenciar a maneira de outra pessoa agir, podendo concretizar ou não este poder, é um critério do líder em sua perfeição. Já o Poder seria a "faculdade de forçar ou coagir alguém a executar à sua vontade, devido a sua posição ou força, mesmo quando a pessoa preferiria não fazê-lo".

Fazendo referência aos conceitos mais clássicos de liderança e de poder, dizemos que uma organização beneficia alguém com poder, ela o está investindo de autoridade, o poder legítimo reconhecido, mas isso não significa que o chefe tenha liderança com as pessoas com as quais trabalha, e muitas vezes, as atividades somente são executadas por temer as represálias, devido ao descumprimento de algo, e não por entenderem a essência da causa. Nota-se, que é importante para qualquer gestor se reconhecido pela empresa por seus trabalhos prestados, mas ao mesmo tempo, faz-se muito importante ter a admiração daqueles com os quais trabalha, pois é demonstrado que o sucesso obtido é reconhecimento pelo respeito e comprometimento que todos têm, evidenciando de fato a liderança, e não simplesmente pelo cargo que a pessoa ocupa.

O desenvolvimento de novas lideranças no ambiente corporativo é justamente isso, reconhecer dentro da organização quais são os estágios encontrados, romper com as barreiras existentes e com as quais fomos convencionados a aceitar e respeitar, demonstrar àqueles que trabalham conosco, que as atividades não sejam efetuadas pura e simplesmente por fazê-las, ou por causa de ter um líder, chefe, gerência, mas sim e principalmente, por si mesmo, pelo fato de ser visto por sua contribuição, fazer parte de uma história, e lógicamente, participar ativamente dos ganhos auferidos devido a estas conquistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Obrigada!!!